O terror do Tcc

Era setembro de 2004, eu estava prestes a me formar, porém antes de concretizar meu tão sonhado sonho de ser formado em ciências contábeis e poder ensinar o mundo como economizar, não ser escravo dos bancos e tornar um mundo melhor, eu ainda tinha um desafio para vencer… desafio não, um ENORME desafio, chamado tcc….

Saudades da época que fiz o vestibular e achei que aquele seria o maior desafio em meu período estudantil.

Dias e horas se passavam, e eu com papel e caneta aguardando alguma idéia para ao menos iniciar meu tcc… a idéia não vinha, e eu nem conseguia dar o start, dai imaginava, como vou conseguir minha graduação desse jeito?!

Esse não era meu único problema, pois eu também sofria antecipadamente pensando no dia da apresentação do trabalho, não sou tímido ao extremo, porém também não sou a pessoa mais adequada quando se trata de apresentação em público.

Comecei então a trabalhar no sentido de me planejar para criar meu tcc, mas fui percebendo que sozinho, eu estava entrando em um beco sem saída.

O que me restou foi pesquisar no titio google informações que me ajudassem a ter uma idéia de como resolver esse problema.

Dentre os vários artigos que encontrei, achei um interessante em que nele era ensinado técnicas para desenvolver o Tcc, ajudas na hora da apresentação, e inclusive a melhor forma para ter esse trabalho aprovado. Porém nada disso adiantava se eu não soubesse ao menos como começar.

Aqui nesse site acesse eu tive os detalhes sobre esse método que me ajudaram bastante a entender como tudo funcionava.

Apliquei todo o método e realmente foi uma das poucas coisas que fiz compradas na internet que realmente veio a calhar totalmente com minha necessidade.

Consegui fazer meu trabalho, fui aprovado e já estou 13 anos… sim 13 longos anos trabalhando não em contabilidade propriamente, mas com os números que tanto amo em um banco aqui na américa central.

Enfim, deu tudo certo, e além disso eu deixei de lado o preconceito em fazer cursos pela internet. Mas fica a dica, antes de comprar algum curso pesquise muito, procure referências, reviews e até possíveis reclamações.

Uma vez tomando esses cuidados, vai lá e se lança, pois só vai saber na verdade se tentar correto?

Enfim, para mim pelo menos deu certo…

Até a próxima com mais uma das minhas histórias, forte abraço!

Deixe uma resposta